Segurança

[:pb]Malware WinstarNssmMiner infectou 500mil PCs em 3 dias[:]

[:pb]Pesquisadores de segurança da Qihoo alertaram recentemente para o malware WinstarNssmMiner, que tem PCs com Windows como alvo.

Malware WinstarNssmMiner

O malware, que infectou mais de 500.000 PCs em três dias, é baseado no utilitário open-source conhecido como XMRig. Ele pode ser usado de forma legítima, ou por malwares como este, para minerar a criptomoeda conhecida como Monero.
Malware WinstarNssmMiner desativa softwares antivírus e usa o PC do usuário para minerar criptomoedasOs pesquisadores não confirmaram o método de propagação do malware WinstarNssmMiner, mas disseram que ele é único em comparação com outros malwares do tipo.

Após infectar o PC do usuário, o malware executa as seguintes tarefas:

– Verifica o PC em busca de processos dos softwares antivírus Avast e Kaspersky.

– Se o usuário estiver usando algum deles, o processo de infecção será abortado.

– Se o usuário não estiver usando algum deles, o malware executará dois novos processos svchost.exe.

– Um dos processos svchost.exe fica oculto e é usado para mineração.

– O segundo processo svchost.exe é usado para monitorar processos de softwares antivírus no PC.

– Este segundo processo também pode desativar o antivírus instalado no PC para evitar a detecção.

Outro detalhe sobre o malware WinstarNssmMiner é que se o usuário tentar desativar o processo svchost.exe usado para mineração, o PC apresentará erros e o usuário será obrigado a reinicializá-lo.

O erro ocorre porque o malware define a propriedade do processo svchost.exe como “CriticalProcess”.

Segundo a Qihoo, o grupo por trás do malware já conseguiu cerca de US$ 28.000 (ou 133 Monero) com ele.

Além do WinstarNssmMiner, o malware IdleBuddyMiner também foi detectado pelos pesquisadores. A diferença é que este segundo exibe a seguinte mensagem pedindo permissão para usar o PC para mineração de criptomoedas:

Idlebuddyminer 01

via Baboo[:]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.