Google Chrome removerá suporte ao protocolo SPDY

A equipe do projeto Chromium anunciou em seu blog que o suporte para o protocolo SPDY no navegador Google Chrome será descontinuado em 2016.

google chrome

No lugar do protocolo SPDY, os desenvolvedores planejam implementar o suporte para o protocoloHTTP/2 (antes conhecido como HTTP 2.0) ainda no Google Chrome 40.

Suporte para o protocolo SPDY no Google Chrome será descontinuado

SOBRE O PROTOCOLO SPDY

Anos atrás o Google apresentou sua alternativa ao protocolo HTTP conhecida como SPDY (pronuncia-se “Speedy”). O SPDY é um protocolo de rede desenvolvido para transporte de conteúdo da Web.

Ele é similar ao HTTP, mas seu principal objetivo é reduzir a latência no carregamento das páginas e melhorar a segurança na Web. O SPDY consegue reduzir a latência através da compressão, priorização e multiplexação.

Além do Google Chrome, este protocolo também é suportado nos navegadores Internet Explorer 11 no Windows 8.1 e Mozilla Firefox.

HTTP/2

O protocolo HTTP/2 é uma revisão do atual HTTP/1.1, que já tem mais de 15 anos. A Internet Engineering Task Force (IETF) começou a trabalhar na nova geração do HTTP em 2012.

O grupo utilizou o protocolo SPDY como a base para a nova geração do HTTP. Engenheiros do Google desenvolveram o SPDY como uma forma de acelerar a entrega de conteúdo na Web.

A versão 2.0 do HTTP deve se adequar às mudanças na forma como as pessoas usam a Web hoje em dia. Enquanto a primeira geração de sites era relativamente simples e pequena (basicamente documentos estáticos), a Web hoje é usada como uma plataforma para execução de aplicações e fornecimento de conteúdo multimídia em tempo real que requer maior largura de banda.

O protocolo reduzirá a latência e agilizará o processo de transmissão de conteúdo dos servidores para os navegadores. Ele deve ser retrocompatível com o HTTP/1.1 e permanecerá aberto para suportar novas extensões.

Vale destacar que o HTTP/2 já é suportado no Internet Explorer 11 do Windows 10 Preview.

via Baboo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.