Especificações do protocolo HTTP/2 finalizadas

Mark Nottingham. presidente do Internet Engineering Task Force (IETF) HTTP Working Group, anunciou em seu blog que o novo protocolo HTTP/2 está pronto.

As especificações finais do novo protocolo já foram enviadas ao RFC Editor, onde elas passarão por um processo editorial e receberão os números RFC antes de serem oficialmente publicadas.

IETF HTTP Working Group finaliza o protocolo HTTP/2

PROTOCOLO HTTP/2

O protocolo HTTP/2 é uma revisão do atual HTTP/1.1, que já tem mais de 15 anos. A Internet Engineering Task Force (IETF) começou a trabalhar na nova geração do HTTP em 2012.

O grupo utilizou o protocolo SPDY como a base para a nova geração do HTTP. Engenheiros do Google desenvolveram o SPDY como uma forma de acelerar a entrega de conteúdo na Web.

A versão 2.0 do HTTP deve se adequar às mudanças na forma como as pessoas usam a Web hoje em dia. Enquanto a primeira geração de sites era relativamente simples e pequena (basicamente documentos estáticos), a Web hoje é usada como uma plataforma para execução de aplicações e fornecimento de conteúdo multimídia em tempo real que requer maior largura de banda.

O protocolo reduzirá a latência e agilizará o processo de transmissão de conteúdo dos servidores para os navegadores. Ele deve ser retrocompatível com o HTTP/1.1 e permanecerá aberto para suportar novas extensões.

Vale destacar que o HTTP/2 já é suportado no Internet Explorer 11 do Windows 10 Preview. Ele também será suportado pelo navegador Spartan.

O Google também já anunciou que descontinuará o suporte para o protocolo SPDY em favor do HTTP/2. O suporte para o novo protocolo será implementado no Google Chrome ainda na versão 40. Além disso, a versão de Chrome e Firefox para desenvolvedores já suporta o protocolo em fase de testes.

Mais informações sobre o protocolo HTTP/2 podem ser encontradas em seu site oficial.

via Baboo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.