AMD libera patch para corrigir problemas com Windows 11

AMD e a Microsoft já estão disponibilizando as atualizações para corrigir os problemas que estavam causando perda de desempenho em processadores Ryzen no Windows 11. De acordo com o Tom’s Hardware, são duas atualizações. A primeira chega como patch para driver de chipset da AMD e a segunda será uma atualização acumulativa para Windows 11.

Créditos: AMD

O primeiro patch corrige o driver UEFI CPPC2 (Collaborative Power and Performance Control 2), que é responsável por escolher o núcleo mais rápido (ou núcleo preferido) para executar determinadas tarefas que exigem um único núcleo. A atualização 22.000.282 (KB0006746) da Microsoft pra Windows 11, já disponível, corrige a latência ao usar a memória cache L3 dos CPUs Ryzen.

O bug encontrado impactava o desempenho em aplicações que usavam um núcleo e, segundo a AMD, o problema era mais perceptível em processadores com mais de oito núcleos e com TDP acima dos 65W. Não que o bug não aconteça em CPUs com menos núcleos, mas quem tem algum Ryzen 7 e Ryzen 9 está sujeito a ter mais problemas.

Já o problema que é resolvido com a atualização da Microsoft para o Windows 11 era causado por um erro que impactava a latência e largura de banda do cache L3. Segundo testes do próprio Tom’s Hardware, a latência do cache L3 nos processadores Ryzen chegava a ser seis vezes maior no Windows 11 do que no Windows 10.

Créditos: AMD

Esse problema no cache L3 diminui o desempenho em jogos em até 15%, segundo a AMD, e até 5% em aplicações em geral, mesmo que nos testes do Tom’s Hardware essa diferença não tenha sido significativa. Ambos problemas impactam qualquer CPU AMD Zen+, Zen 2 e Zen 3. Ou seja, dos CPUs Ryzen 2000 até os atuais Ryzen 5000.

Se você tem qualquer um dos processadores AMD Ryzen a partir da segunda geração e está usando o Windows 11, basta baixar a atualização acumulativa que já está disponível, além do driver de chipset da AMD no site oficial. A atualização da Microsoft é a mesma que já estava disponível para Windows Insider que foi liberada há menos de uma semana atrás.

via Adrenaline

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.